Calgaro Advogados Associados - OAB/SC 3420

INFORMATIVOS



​Tempo afastado do trabalho conta para aposentadorias

Períodos de afastamento por incapacidade são considerados no momento de encaminhar aposentadoria mais vantajosa
13/07/2022

O afastamento do trabalho por questões de saúde pode acontecer em algum ou em vários momentos na vida de qualquer profissional. Além disso, as mães se afastam da atividade laboral em período de Licença Maternidade, que pode ser de até 180 dias. A dúvida de muitos que viveram essas situações, surge na hora de encaminhar a aposentadoria, sobre se podem contar ou não períodos de afastamento.

“Com exceção do auxílio-acidente, os demais benefícios por incapacidade contam como tempo na Previdência Social. Sendo assim, quem teve auxílio doença ou então, ganhou alta do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) após a aposentadoria por invalidez, pode contar com esse tempo na hora de encaminhar a aposentadoria junto ao INSS”, afirma o advogado previdenciarista, Carlos Alberto Calgaro.

Este direito está previsto no art. 55, II da Lei n. 8.213/91 e o segurado precisa voltar a contribuir para o tempo de afastamento contar para aposentadoria. “O período de reabilitação profissional também conta quando o contribuinte for encaminhar a aposentadoria por tempo de contribuição, por idade ou aposentadoria do professor”, completa o advogado.

A reforma da previdência, que entrou em vigou em novembro de 2019, gerou muitas dúvidas sobre qual o melhor momento para encaminhar uma aposentadoria de maior valor. Períodos de afastamento, atividades em ambientes insalubres, trabalho rural, afastamentos por acidentes de trabalho e até mesmo comprovação de períodos trabalhados sem contribuição para o INSS, influenciam o cálculo da aposentadoria.

Um profissional com experiência na área previdenciária poderá realizar o cálculo com base no histórico profissional e identificar o melhor momento para encaminhar o benefício, uma vez que muitos já possuem os requisitos para se aposentar e outros, precisam contribuir por um tempo menor do que imaginavam para ter o benefício.

Fonte: Andrieli Trindade - Jornalista /Calgaro Advogados Associados - OAB-SC 3420 / contato@calgaro.adv.br


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR








Atendimento

49 . 3442 1385

49 . 99909 3533


Atendemos de segunda a sexta das 08h às 19h e, nos sábados, das 08h às 11h30

Rua Marechal Deodoro, 1246

Ed. San Gabriel,

Concórdia / SC

89700-055